Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 26 de agosto de 2017

Homoteose greco-romana

Homoteose greco-romana

Casais de homens durante um simpósio num afresco
em uma tumba em Pesto, colônia grega no sul da Itália
A mitologia clássica (greco-romana) apresenta a homossexualidade masculina em muitos de seus mitos. Além disso, existem casos de cross-dressing e de androginia que a terminologia moderna tem agrupado sob o acrônimo LGBT.

Continue lendo a seguir

Esses mitos têm sido descritos como tendo influência crucial na literatura LGBT ocidental, com os mitos originais sendo constantemente republicados e reescritos, e os relacionamentos e personagens servindo como ícones. Em comparação, o lesbianismo é raramente encontrada nos mitos clássicos.

Homo e bissexualidade

Hércules,
Stadio dei Marmi, Roma
Dioniso, um deus gerado na coxa de Zeus após sua mãe ser morta ao visualizar a verdadeira forma do rei dos Deuses, tem sido chamado de "Deus patrono dos hermafroditas e travestis" por Roberto C. Ferrari no livro Encyclopedia of Gay, Lesbian, Bisexual, Transgender, and Queer Culture (2002). Outros Deuses são às vezes considerados patronos do amor homossexual entre homens, como a Deusa do amor Afrodite e Deuses do seu cortejo, como os Erotes: Eros, Himeros e Potos. Eros é também parte de uma trindade de deuses que têm um papel nas relações homoeróticas, ao lado de Héracles (Hércules) e Hermes, que concedem respectivamente qualidades de Beleza (e Lealdade), Força e Eloquência sobre os amantes masculinos. Nas obras da poetisa Safo de Lesbos, Afrodite é identificada com a patrona das lésbicas.

Mudança de sexo

O tema da mudança de sexo também ocorre na mitologia clássica. A razão para a transformação varia, como no caso de Sipretes, um caçador de Creta que foi transformado em mulher por Ártemis por ter visto a Deusa durante o banho.

Havia também o motivo de uma mulher precisar se disfarçar de homem e depois ser transformada biologicamente em um por forças misteriosas (principalmente Deuses). Nos casos de Ífis e Leucipo, a mãe de cada uma delas foi pressionada por seu marido a ter um filho do sexo masculino, forçando as meninas a serem criadas como meninos desde o nascimento. Já crescidas, a masculinidade era concedida através da bênção de uma divindade (Juno/Hera ou Ísis no caso de Ífis e Leto no de Leucipo).

Tirésias ataca o casal de serpentes
e é transformado em mulher por Hera.
Gravura de Johann Ulrich Kraus (1690)
Cenis e Mestra, cada uma delas uma companheira de um Deus (Cenis foi seduzida por Poseidon/Netuno e Mestra foi amante de Apolo), tiveram a masculinidade concedida pelos mencionados Deuses. Mestra, contudo, tinha a habilidade de mudar de forma voluntariamente, em vez de permanecer na forma masculina como Cenis (que passou a se chamar Ceneu) e as outras mencionadas acima.

Tirésias, por outro lado, se tornou mulher porque bateu num casal de serpentes durante o acasalamento, desagradando Hera, que o puniu mudando-o para o sexo feminino. Tempos depois a sentença foi revertida, seja por pisotear outro par de cobras se acasalando ou por evitá-las, e ela se tornou ele novamente. Em outra versão, a mudança de sexo de Tirésias foi causada por uma briga entre Zeus e Hera, em que eles debatiam se era o homem ou a mulher quem tinha maior prazer no sexo, então eles o transformaram em mulher como experimento.

Andróginos e hermafroditas

Afrodito era uma Afrodite andrógina de Chipre, que na mitologia posterior se tornou conhecido como Hermafrodito (de quem veio a palavra "hermafrodita"), filho de Hermes e de Afrodite.

Finalizando

Para cada um dos temas acima, existe um sem-número de personagens, relacionamentos e histórias LGBTs fascinantes. Alguns deles já foram apresentados aqui no blog, mas a pretensão é apresentar todos esses mitos bem explicados aqui. Só depende da vontade de vocês em contribuir com comentários, sugestões e dúvidas.

Nos vemos no próximo post!

Fonte: Wikipedia (em inglês)


Se você gostou desta matéria, deixe um comentário abaixo e/ou compartilhe o link nas redes sociais. Ajude o site HOMOTHEOSIS a se manter vivo!

2 comentários:

Jessica disse...

Oii, adorei o blog cheguei hoje e já add aos favoritos *-*
Amo mitologia porém tenho dificuldade de compreender os Deuses são muitos rs
Gostaria que fizesse mais postagens sobre Deuses Transexuais <3

Fábio Alves disse...

Olá, Jéssica!
Muito obrigado pelo seu comentário.
Você pode encontrar os textos sobre deuses transexuais nos temas "Transgênero", "Travesti" e "Intersexo" (que, apesar de não ser exatamente a mesma coisa, está de certa forma relacionado). Os temas estão agrupados no lado direito da página.
Mas aguarde por novas matérias sobre essas divindades, pois elas são muitas em várias partes do globo!

Calendário da Lua