Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 15 de outubro de 2016

Os Enares (parte 2)

"Ovídio entre os Citas" (1862), de Eugène Delacroix
O propósito deste post é fazer um complemento ao intitulado "Afrodite e os enares".

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Oferendas a Antínoo

Oferendas a Antínoo

Artes de Felix D'Eon




domingo, 9 de outubro de 2016

Loki: Mãe

Loki consome um coração assado em uma pintura de John Bauer (1911)
Hyndluljóð

Loki é referenciado em duas estrofes da Völuspá hin skamma, encontrados dentro do poema Hyndluljóð.

sábado, 8 de outubro de 2016

Loki: Égua e Mãe

Loki (égua ao fundo) e Svadilfari, de Dorothy Hardy (1909)
Svadilfari

Na mitologia nórdica, Svadilfari (nórdico antigo: "viajante azarado") é um garanhão que gerou o cavalo de oito patas Sleipnir com Loki (sob a forma de uma égua). Svadilfari era propriedade de um gigante disfarçado e sem nome que construiu as muralhas de Asgard.

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Loki: Mulher

Thökk

Thökk (Þökk; do nórdico antigo, relacionado ao inglês 'Thanks' [em português: 'Graças']) é uma jötunn da mitologia nórdica, presumida ser Loki sob disfarce, que se recusa a lamentar a perda de Baldr, forçando-o a permanecer em Hel (no Inferno).


Thökk em uma ilustração de um manuscrito islandês (1680)

Loki: Mulher e Mãe

Loki voando para Jötunheim (1908) de W. G. Collingwood
Na mitologia nórdica, Loki é um Deus e um jötunn (gigante de gelo). Seu pai é Fárbauti ("Atacante Cruel") e sua mãe se chama Laufey ("Cheia de Folhas") ou Nál ("Agulha") (quem lê os quadrinhos ou viu o primeiro filme de Thor da Marvel, aprendeu erroneamente que Laufey é homem e pai de Loki). Seus irmãos são Helblindi ("Cegador de Hel") e Býleistr ("Relâmpago-Calmante"). Com a jötunn Angrboða ("Quem Traz a Tristeza"), Loki é pai de Hel (Deusa do Hell, isto é, do Inferno), do lobo Fenrir e da serpente do mundo Jörmungandr. Com sua esposa Sigyn, Loki é pai de Narfi e/ou Nari. Com o garanhão Svadilfari, Loki é mãe — dando à luz sob a forma de uma égua — do cavalo de oito patas Sleipnir, corcel de Odin. Loki também é pai de Váli de uma mãe desconhecida (não confundir com Váli, filho de Odin), que foi transformado em lobo pelos Deuses e despedaçou seu próprio irmão, Narfi.

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Agathodaimon

Antínoo como Agathodaemon (130–138 da Era Comum)

Segundo o calendário ático (ateniense), seguido pelos modernos helênicos (seguidores do helenismo, ou reconstrucionismo helênico, religião que continua a tradição religiosa da Grécia Antiga), das 18h de ontem até as 18h de hoje estamos no segundo dia do mês lunar (contado a partir da Noumenia, a primeira noite em que se pode ver o fino arco da Lua após o dia da Lua Nova). E em todo segundo dia do mês lunar, para os helênicos, é dia de homenagear o agathodaimon (ἀγαθοδαίμων) ou agathos daimon (ἀγαθὸς δαίμων).

sábado, 1 de outubro de 2016

Odin, Freyja e Seiðr

Como vimos na postagem Homoteose nórdica, os povos nórdicos em geral não eram muito receptivos com a homossexualidade masculina, mas isso não impediu que sua rica mitologia nos brindasse com relatos variados, como este que veremos a seguir.


______________________________________

Seiðr

Homotheose nórdica

Freyr e Surtr, de Lorenz Frølich (1895)

As sagas no idioma nórdico antigo não incluem histórias de relacionamentos gays ou lésbicos, nem referência direta a personagens LGBT, mas elas contêm várias instâncias de vingança decretada por homens acusados de serem parceiros passivos numa relação sexual, o que era considerado comportamento "não viril" e, portanto, uma ameaça à reputação como líder ou guerreiro.

Calendário da Lua